A “Shanupa” – também conhecida como “Pipa Sagrada” ou “petyguá”- é um instrumento que representa o centro da tradição do Caminho Vermelho. Acredita-se que dele, se obtém a conexão com o divino, com o poder de elevar as preces, propósitos, intenções e agradecimentos ao “Grande Espírito”.

 

Por isso o seu compartilhar é tido como um momento de muita honra e é muito reverenciado.  

A Shanupa é entregue cerimonialmentenas mãos dos aspirantes que completam quatro anos de jejum na montanha por 4, 7, 9 e 13 dias, ritual da Busca da Visão.

Ascender um fogo e compartilhar uma pipa,como também é chamada, é nutrir o coração.  

O cachimbo, shanupa ou pipa é um instrumento que nunca devemos dizer - “é minha”.   Pois,seu próposito original, assim como a “nossa” própria vida é estar a seviço do bem maior, da verdade, da vida.  

Me coloco a  disposição para rezar assim, dessa maneira, a quem por bem solicite.