Archive for março, 2010

Queridos leitores,

Aqui estou publicando a repercursão do lançamento do livro

“Drogas e Cultura – Novas Perspectivas”, para que possamos interagir n o debate público  sobre  as drogas,

liberdade religiosa, violência, entre outros … que  foram ativados recentemente pela  trágica morte

de Glauco, líder espiritual da Igreja do Santo Daime.

Penso que uma boa  maneira de colaborarmos é trazendo  á  luz  boa qualidade de informação, ampliando nossa

consciência sobre o tema   e assim  escapar da corrente da ignorância que conduz a mais exclusão e obscurantismo.

Esse livro é muito interessante e aborda o tema de maneira variada e intercultural.

Mais informações:

http://bialabate.net

Notícia da Folha de São Paulo:
http://www.bialabate.net/news/descriminalizar-droga-une-gestao-lula-e-fhc-2

Video do evento na Folha de SP: http://www1.folha.uol.com.br/folha/videocasts/ult10038u711114.shtml

O jornal também deu um editorial favorável ao Santo Daime: http://www.bialabate.net/news/editorial-da-folha-de-sao-paulo-24032010

Esse artigo foi publicado no site do Ministério da Cultura

A Cultura e as Drogas

Ministro Juca Ferreira defende dimensão cultural para políticas sobre drogas

 

“É necessária uma abordagem mais voltada ao comportamento. É preciso ampliar a dimensão cultural para adequar políticas públicas sobre as drogas à contemporaneidade”, defendeu o ministro Juca Ferreira, durante o lançamento do livro Drogas e Cultura: novas perspectivas.

Realizado na tarde desta terça-feira, 23 de março, no Centro Cultural São Paulo, na capital paulista, o evento também contou com a presença do ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso, que junto com o ministro da Cultura e demais convidados, fez parte da mesa de abertura.

O ministro Juca Ferreira iniciou suas considerações parabenizando o ex-presidente Fernando Henrique por sua coragem no enfrentamento de um problema tão importante.

“O tema é relevante e muito complexo, e fugir do debate e da polêmica sobre esta questão não é política do Ministério”, afirmou. Para ele, as drogas não são somente tema de polícia, e um novo ponto de vista tem surgido no Brasil, a partir do crescimento do debate sobre o assunto na sociedade.

“A limitação do uso social do cigarro e do uso do tabaco também interessa neste processo. Parte das drogas legais e ilegais tem efeitos avassaladores. A dependência é culturalmente adquirida e a militarização do problema está perdendo a batalha no Ocidente. A descriminalização não elimina de todo a questão.”

Leia o pronunciamento na íntegra.

Na avaliação de Edward MacRae, um dos organizadores da obra, o ministro da Cultura e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso têm trabalhado para romper o tabu do silêncio, sendo agora a publicação lançada um instrumento de contribuição. “A ideia do livro era explorar o aspecto biopsicossocial, com riqueza de abordagens diferentes, de diferentes materiais.”

O coronel da reserva Jorge da Silva, do Movimento Fórum Rio e da Comissão Brasileira sobre Drogas, que também participou da mesa, afirmou que aprendeu na Polícia Militar a encarar as drogas como tema policial/penal, mas, quando se viu “enxugando gelo”, aprofundou-se no assunto e hoje só vê solução envolvendo educação, família e sociedade.

Finalizando a primeira parte do evento, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso elogiou o ministro Juca Ferreira pela “exposição correta e corajosa” sobre o tema e afirmou que é preciso criar uma base social de consenso. “O tema invadiu a cultura contemporânea”, reconheceu.

Fernando Henrique relatou experiência da destruição de uma plantação de maconha em Pernambuco, no seu governo, que de nada valeu. “O problema é mais amplo e complexo, e a repressão não resolve.” Ele defende a mudança do paradigma da repressão para o da redução de danos.

Na sequência, houve espaço para perguntas do público. A segunda mesa foi formada por Maurício Fiore, moderador, Sandra Goulart, Henrique Carneiro, Edward MacRae, co-autores do livro, além de Maurides Ribeiro, diretor do Instituto Brasileiro de Ciências Criminais, e Ge Marques, pesquisador do Núcleo de Estudos Interdisciplinares sobre Psicoativos.

Publicação na Internet

O livro, que reúne 17 artigos, foi organizado por Beatriz Caiuby Labate, Sandra Lucia Goulart, Mauricio Fiore, Edward MacRae e Henrique Carneiro.

A coletânea traça um panorama de esforços recentes de pesquisa e reflexão sobre o tema com o olhar das ciências humanas.

Trata-se da primeira contribuição sistematizada do Ministério da Cultura para a resposta brasileira ao problema das drogas e sobre os diversos usos de substâncias psicoativas.

A publicação Drogas e Cultura: novas perspectivas já está disponível para download (acesse aqui).

Visita - Em companhia do diretor Martin Grossmann e do secretário municipal de São Paulo, Carlos Alberto Calil, o ministro Juca Ferreira conheceu as dependências do Centro Cultural São Paulo. Segundo Calil, foi a primeira vez que um ministro da Cultura esteve no local, considerado um dos espaços culturais mais frequentados da cidade.

Queria agradecer a Marta Andrada, Mestra Reiki   por esse lindo final de semana  

onde estivemos imersos na energia de iniciação do Reiki I.

Agradecer a parceria do  espaço Céu Aberto e do  Hotel Ponto de Luz por incentivarem a realização desse

curso e, principalmente, agradecer a presença especial de cada um de vocês que participaram da iniciação:

Claúdia, Ewely,Cléia, Isabel e Everton, Flávia, Tamara na frente, Andressa e  Luzia conforme a foto.

São mais 9 pares de mãos jorrando energia vital amorosa no mundo.  

Mãos a obra!,

Muito obrigada a todos.

Alegria e serenidade.

Curso Reiki 1 060

 

Hino recebido por Padrinho Alex Polari em Rishkesh, Índia ás margens da Mãe Ganga.

Viva a irmandade!

 7532970_maurico_rett_cultura_196_324  7532566_charge_5_310_300

                          7532564_charge_3_330_220          7532563_charge_2_251_299

                                          7532562_charge_1_215_299

Sem esquecer da legendária Rê Bordosa.

Bom amigos e amigas, o Glauco mesmo, não gostava de dramas assim vamos levantar a alegria e a força, sem esmorecer.

Assim vejam e compareçam á homenagem  dos intelectuais e pessoas estudiosas do tema, com informação consistente frente a tanta desinformação. 

Convido a todos ao re-lançamento do livro do NEIP (www.neip.info) “Drogas e Cultura: novas perpectivas”, uma publicação do Ministério da Cultura.

O evento contará com mesas redondas, apresentações musicais e uma homenagem a Glauco Villas Boas, líder daimista recentemente assassinado em São Paulo.

Dia: 23 de março (terça-feira)

Horário: das 15:00hs às 20:00hs

Local: Centro Cultural São Paulo – sala Adoniran Barbosa, São Paulo, SP

Presenças confirmadas: Juca Ferreira – Ministro de Estado da Cultura; ex- presidente Fernando Henrique Cardoso, Carlos Augusto Calil – Secretário Municipal de Cultura de SP; Jorge da Silva –  Comissão Brasileira sobre Drogas e Democracia e do Fórum Viva Rio; co-organizadores do livro: Edward MacRae, Mauricio Fiore, Sandra Goulart, Henrique Carneiro; o pesquisador do NEIP (www.neip.info)Antonio(Gê)Marques

Apresentação com os músicos Solares do Reino do Sol e Degregadados Filhos de Eva da Porta do Sol.

VIVA O GLAUCO E O RAONI AONDE QUER QUE ESTEJAM!!!!!

VIVA!

equinocio

Reiki v

 

 Click aqui para ver a apresentação em Power Point  – Wiñaypaq

Como muitos de vocês sabem, a zona Sul do Peru vem
Sendo afetada por fortes chuvas e muitos irmãos estão
perdendo tudo devido  a esses deslizamentos e inundações.

Na noite de domingo de 28 de feveriro, o povoado de Taray(Cuzco-Vale Sagrado dos Incas) foi arrasado pelo transbordamento da lagoa de Qoricocha  com o lamentável saldo de sete mortos e dezenas de desaparecidos.

Umas das vítimas desse desastre foi a escola
Intercultural Wiñaypaq, literalmente desaparecida da terra pela fúria das águas.

Esta escola vinha dando educação escolar gratuita há cinco anos para 40 crianças das comunidades vizinhas. O projeto educativo Winaypaq, fundado por Waldi Stolben
E Alonso Del Rio, aposta por uma educação baseada no amor, reciprocidade, harmonia e respeito em todas as nossas relações e sobretudo com nossa Mãe Terra.

“As comunidades rurais e a riqueza cultural que tem o Peru são a nossa herança mais valiosa. Apostar pela educação é apostar pelo futuro.”

Qualquer ajuda é bem vinda!

Para mais informações sobre o projeto
 http://www.youtube.com/watch?v=Mw74BwyX5rs (proyecto Wiñaypaq en
castellano)

 http://www.youtube.com/watch?v=bIcEyxYb4HY (Documental de Napa sobre
 Wiñaypaq)

http://www.youtube.com/watch?v=p8atizpd1nA (video
 del Encuentro de Permacultura, Agosto 2009 llevado a cabo en
 Wiñaypaq)

Para as doações:

BANCO CONTINENTAL
Codigo Swift: BCONPEPL
Cuenta Asociación Educativa Wiñaypaq – Alondos del Río (Fundador)
Account for Asociación Educativa Wiñaypaq – Alonso del Río (Founder)
Cuenta para dépositos interbancarios/Account for depositos from another bank: 
011 200 000200731635 35
Para colaboraciones desde el mismo banco BBVA
For colaborations from the same bank BBVA:
0011 0200 0200731635 35
Para más información y avisar sobre los depositos
For more information and to let know when a deposit is made:
permaculturaperu@gmail.com -winaypacperu@hotmail.com

Ou entrem em contato comigo, amigos a hora de fortalecer as redes de solidariedade

é agora.

> Muchas gracias!!!!

 URPILLAY  SONQOLLAY!

 

 

Amigos e amigas

Namastê, o Deus que sou Eu saúda ao Deus que é Você

Ficamos em Rishikesh, Rish significa ” pessoas sábias, sagradas”, Rishkesh –  lugar de sábios, iluminados. É uma, das consideradas, cidades sagradas nas margens do rio Ganges. Peregrinos vêm de várias partes da Índia, rezar, banhar-se, purificar-se nas águas sagradas e realizar sua devoção. Há muitos Ashrams – morada de um iluminado - em Rishikesh - é também a capital do Yoga.  Esses personagens do Mahabaratha que aqui no Brasil  ouvimos como histórias especiais, lá povoam as ruas, os templos, os nomes no comércio. Assim como aqui temos padaria Santa Terezinha, lá é transportes Vishnu, Krishna restaurante. Todos esses deuses são honrados e recordados  em estátuas grandes, pintados coloridos, recebem “pujas” cerimônias de oferendas todos os dias, é assim viva e dinâmica a vida nessa cidadezinha.

 
Shiva

Shiva

                                             Nosso grupo, do Prem Baba, frequentávamos o Saccha Baba Ashram,o qual foi fundado por Saccha Baba, um Ser Iluminado, que no ocidente, quase ninguém o conhece, assim como tantos outros homens e mulheres Iluminados  que viveram e que vivem na India.  Saccha Baba  é o mestre de Sri Hans Raj Marajji, também Iluminado e ainda vivo, responsável espiritualmente pelo Ashram, Guru de Prem Baba e quem o conduziu a iluminação.       

Sri Maharajji e Prem Baba

Sri Maharajji e Prem Baba

A  promessa de Saccha Baba, que Prem Baba está  rezando  ás  quatro direções , ele plasmou no seguinte mantra:

” PRABHU AAP JAGO,

PARMAATMA JAGO,

MERE SARVA JAGO,

SARVATRA JAGO

DUKHAANTAK KHEL KAA ANT KARO,

SUKHANTAK KHEL PRAKAASH KARO”

“Deus desperte, Deus desperte em mim,desperte em todos os lugares,acabe com o jogo do sofrimento,ilumine o jogo da alegria.”

Rishikesh 2010 299

Então, seguimos a jornada, em direção a morada sagrada, cantando para que todos seres despertem e iluminem o jogo da alegria.

Satsang no salão recém inaugurado do Prem Baba

Satsang no salão recém inaugurado do Prem Baba

Om Nama Shivaya!